sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Por trás de mim




Sentada no sofá, esperando por ele, resolveu se levantar, o ar estava abafado, parecia que ia chover, precisava chover, chegava a dar falta de ar, nem sequer o ventilador de teto era suficiente para refrigerar aquela sala, de paredes claras e estantes altas, sofás confortáveis e um cheiro de jasmim.Não conseguia ficar parada num lugar só, detestava esperar, quando decidiu olhar pela janela viu ele brincando e se saboreando com a boca de outra, exatamente como fazia com a dela, mordendo devagar, e segurando a cintura de forma que dava um arrepio da espinha, eles sorriam, e o mundo dela desabava, a chuva começou a cair, a exploção prestes a contecer, e nenhuma lágrima no rosto, não podia ser real, doia muito o peito, e as lágrimas não caiam, ficou paralizada, vendo ela lhe beijar o nariz, e sair sorridende. Não sabia o que fazer, tava tudo branco e escuro, tava vazio, em alguns segundos ele iria entrar por aquela porta.

12 comentários:

Georgia disse...

Isso dói demais, viu.

Beijao

M.Cesar disse...

Ooohh Ludi, isso eh de verdade?? Essa eh daquelas dores que cortam e paralizam...e as vezes a gente perdoa pra nao ter que enfrentar...vai entender a cabeca de quem ama neh?
Bjo no coracao.

Tudo ou nada ... disse...

Como diz uma amiga: "nada melhor para curar uma fossa que um banho" ... então vá em frente, curta isso mas por pouco tempo, de um salto, sacode a poeira e coloca a fila para andar.
Bjos

BABI SOLER disse...

essas tantas emoções correm o estomago da gente. Ufa!

um beijo

Edson Marques disse...

Ludmila,

instensas, as tuas metáforas, e você tem um jeito gostoso de expressar a trama!



Mesmo que o mundo desabe, o interessante é não nos sentirmos derrubados por dentro!


Gostei dos teus comentários deixados no blog Mude.


Abraços, flores, estrelas..

O Profeta disse...

Na noite onde se esconde o canto dos pássaros
De onde nasce este manto de bruma
Para que norte viajam os teus anseios
O que procuras perdido na espuma?


Bom fim de semana


Mágico beijo

Ana D disse...

Gostei por demais do título do post, me enredou rsrs...E o texto, adorei, adoro contos...

BANDEIRAS disse...

Oi Ludi,

Isto me parece uma cena real, destas que acontecem, mais não eram para existir.
Vamos sonhar com outras coisas, um amor sincero enquanto perdure, já tava de bom tamanho.
Vim te linkar.
bjs.

Dentro de meu mundo disse...

nossa, partiu meu coração, não tanto quanto a moça do conto, mais te conto uma coisa existe um tanto de gente assim :-X

gostei do blog, bem bonito e bem escrito, vou voltar bjin até a próxima

pimentinhabm disse...

eu nao conseguiria lidar com isso
sou fraca d mais!
bju lud
=*

Maria Flor disse...

Uma traição.
Poucos são os desenganos que a vida nos apresenta piores que uma traíção.

PS: Tava com saudade de você! Adorei as novidades!

beijocas!

.linny disse...

EEEEEEEI, nao suporto ve-la assim.
toda vez que venho aq leio algo desse tipo, flor pensa em ti, pensa em ser feliz.
vc merece!

qualquer coisa estou aq.

bjus