sexta-feira, 27 de junho de 2008

O movimento dos carros

foto de Lívia Vasconcelos


Mais um ano se passou, e o que tinha mudado? Não muita coisa. As unhas continuavam roídas, os cabelos pretos sempre amarrados; ainda rezava todos os dias antes das refeições e antes de dormir. Seus seios mantinham-se retos, nem um quilo a mais em seu corpo; 365 dias eram pouco para satisfazer todas suas fantasias, era muito tempo para ficar debaixo do travesseiro ou em frente a T.V.
Já não suportava a monotonia de viver observando o movimento dos carros. Enquanto isso lá estava ela, parada, olhando uma flor nascer, vivendo no profundo de sua mente, viajando em momentos que nunca irá saber se um dia tornarão reais.
Enxergará o desconhecido quando abrir os olhos, e como boa humana que é, sentirá assustada, terá medo por não saber o que fazer, ignorará a pura realidade, preferirá fechar os olhos e continuar observando o movimento dos carros.

13 comentários:

pimentinhabm disse...

hey !!!
q bom q vc gosta dos meus texto linda!!!
olhando o titulo do seu eu me lembrei,
qro aprender a dirigir!!!
=D

bom fds !

Nataliinha disse...

aah, quero muiito não ver a vida passar e sim fzr parte dela .
Bjs =)

Adriano Veríssimo disse...

É Coração!
A vida passa e nem percebemos que ela passou...Os carros passam e nem notamos...As luzes ascendem-se e apagam-se e ninguém nota!
Puxa, os dias as vezes parecem iguais, mas não são, a vida parece a mesma mas não é...
É tudo complicado.......quando a gente complica!

Bom, viajei no comentário, mas o texto me trouxe tantas possibilidades, que era difícil pensar em uma apenas...rsrs

Beijo minha linda!

= )

Adriano DiCarvalho disse...

Viver nos reserva as mais calmas e agitas sensações do mundo. E quando digo viver eu digo VIVER!!!

Porém, faça o que eu digo... Mas não faça o que eu faço...rs, To brincando!rs. Eu VIVO a vida com força e sorriso no rosto. Até quando não preciso dele...

P.S. Obrigado pelas visitas e volte sempre que quiser. Farei o mesmo.

Bjão.

Maria Flor disse...

Madrinha!

Que saudade! Tá escrevendo cada dia melhor! E obrigada pelo que disse "quando o amor vai embora parece que nos leva a alma" a minha tá voltando aos poucos...

beijocas e também adoro você!

BANDEIRAS disse...

Querida amiga, bom dia.

Passando para informar que estou te recadastrando em uma nova ferramenta da Blogspot.
bjs

Mary West disse...

Pelo menos ela percebeu que a vida passou, tem aqueles que sempre parece que estão mortos para o mundo.

Tudo ou nada ... disse...

E a vida se faz de pequenos momentos bem vividos, por isso eu olho a minha sempre bem de perto e a aproveito muiiiiiiiiiito.
Bjos minha pequena poetisa

OS Z ETES disse...

Esse é o típico perfil do que chamo de ALIENADO!

Voltei a vida de blogueira!
Passo aqui e te mando um oi!
saudaaaaades desse lugar
=D
Um xêro!

.a negra. disse...

Só não quero nunca perceber q o tempo passou e não deu tempo e realizar meus sonhos..
beijus

janpiter disse...

Um tanto abstrato... mas é bem profunda essa reflexão de olharmos em volta em busca de mudanças.

beijo pra ti

mOnI disse...

Éestranho isso, a sensação que dá é de que estamos num carrossel girando, girando e caindo no mesmo lugar!!! beijos!

Ariana disse...

Medo de não saber o que fazer, esse é um dos piores medos!
Cuidado flor!

Belo texto!

Beijo