sexta-feira, 16 de maio de 2008

Você e eu




Não sei o que ti fez gostar de mim, ao menos sei se isso é realmente real, ou quanto tempo irá durar, não quero saber, tento viver apenas o hoje e o quão bom está sendo isso pra mim. Apesar de todo o meu medo, receio, de amar alguém, com toda sua calma e paciência comigo estou me soltando aos poucos e sinto estar a cada dia gostando mais de você, do seu jeito de me tratar, não ligando pra nada além dos nossos sentimentos. Tento não me apegar ao passado e não viver o futuro, fazendo com que o presente seja minha realidade, aproveitando o máximo, deixando essa loucura de “será que vai dar certo?” um pouco de lado. Confesso que em alguns momentos penso que começar a gostar de você é pisar em terreno desconhecido sem armas nas mãos, nem um pouco preparada para guerra, é aí que o medo de ser machucada e perder uma grande batalha vêm, porém, não deixo que isso tome conta de mim, preciso me entregar, sentir e viver, o que tiver que ser será, com ou sem armas nas mãos irei à batalha, pois tenho minha fé, coragem e um pouco de amor em meu coração.

11 comentários:

.linny disse...

Vc esta certa de umas coisas, viver sempre e feliz.
esteja sempre assim, sorrindo meu amor.
e se entregue, isso é a melhor das partes da vida meu amor.

beijos

Fagner disse...

Gostaria de ter tido essa maturidade h� tr�s anos... agora � tarde.
Adorei o texto!

Ariana disse...

Adorei o post!

Nada melhor q estar apaixonada por si mesma

Beijo*

Renata Cordeiro disse...

Tem muita garra esse seu post. Passe no meu: wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Nataliinha disse...

Que bonitiinho Ludi .
Palavrinhas de amoor =)
Quero um tb .

Bjs =)

kami disse...

Olá Lu!

Sabe o que me faz passar sempre aqui!? É essa sua capacidade de falar dos sentimentos de uma forma tão doce! Acho que vc é uma das poucas pessoas que conheço que tem essa capacidade, de descrever sentimentos com tanta precisão!

Não preciso nem dizer que amei o texto, né!?

*bjusss

PS- Estou usando a minha caixa de comentários pra responder os comentários que me deixam...assim fica mais fácil...tem resposta pra vc lá!

Pensamentos Soltos disse...

Que lindo...
deixe esse medo um pouco de lado e aproveite cada momento!

bjão

Diogo Vilela Marques disse...

Amar é o sentido para se viver
E viver é o sentido para se amar
Tão simples e tão complexo ao mesmo tempo...
E por ser simples, quando pensamos demais sobre o amor é quando nos perdemos e tornamos tudo tão complicado!
Vá garota, e viva o amor indiferente do tempo, se é presente ou passado...

T@rci disse...

Oie vim agradecer sua visita, vou te linkar pq gostei muito daqui!
Olha acredito que gostar é pisar em campo minado, a gente nunca sabe até onde vai conseguir ir, e uma hora tudo voa pelos ares sabe.
Mais gostar é muito bom, e se a gente não for adiante, nunca vai saber até onde poderia ter ido né!
Beijos querida!

JANPITER disse...

Tenha cautela, é essencial.
Não tenha medo, atrapalha.
Deixe o passado de lado e abrace o presente, ou tão logo poderá estar lamentando mais um "passado".

Torço por ti. Boa sorte.
beijos

Mary West disse...

Tente seguir com a maré, a turbulenta maré do amor, mas é melhor andar com ela do que passar a vida sem tais confusões.