sábado, 2 de fevereiro de 2008

o que não muda


"A cada dia que passa percebo que estou presa a algo que não sei o que é, + que segue minha vida, que da rumo a ela, que coloca nas minhas mãos coisas boas e as vezes tira elas de mim porque não era tão boa assim, mas serviu para alguma coisa, eu aprendi, vivi, rir, foi bom."


escrevi isso a um bom tempo, no minino começo do ano passado

8 comentários:

Edson Marques disse...

Ludmila,

Obrigado pelo apoio, pela indicação e pelo Selo.

Teu texto de hoje é belíssimo: uma abordagem positiva do Destino e do Acaso!

E o do dia 01/02 é um manifesto a favor da autenticidade!


Abraços, flores, estrelas..

Cineasta 81 disse...

É uma espécie de corrimão. É bom ter algum lugar para se apoiar na escada enquanto se sobre por essa vida doida.

BANDEIRAS disse...

Bom dia,

Legal o texto, engraçado este destino da gente, é seguir em frente.
bjs

lyS disse...

As vezes tb me pego relendo coisas que escrevi no passado e que servem perfeitamente para os dias de hj.
E bom estar de volta, gostei do novo lay-out.
Bjo

.linny disse...

postar coisas do passado, pra mim é bom, vejo que cresci naquilo que esta escrito, ou que lutei e deu certo.

bju.

adoro vc...

Booperfly disse...

Oi...
Vim conhecer teu cantinho...
Eu adoro reler coisas que escrevi há tempos...de vez em qdo pego meus diários antigos pra ler...uma delícia!
Bjo pra vc!
Paulinha

Ana D disse...

A nossa história é que nos faz sermos quem somos...Tudo que a gente vive, né não ? rs

BABI SOLER disse...

a vida é uma escola e o destino, às vezes, é atropelado pelo acaso.

um beijo.