sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

A dor de um sonho




Mais uma vez o meu sonho vai por água abaixo, acho que é porque me precipito muito, quero logo, quero agora, eu enxergo o futuro mas não faço nada no presente para que ele se torne realidade.
Resolvi desistir dele por uns tempos, e vou começar a fazer o que meu pais querem, já sou levada pela vida mesmo, sou arrastada pelo destino, que me segura os pés e me leva pra onde quiser, já não tenho força de vontade pra nada, e quando resolver, é tudo em vão, agora tanto faz pra mim, vou ser e fazer o que eles quiserem, por não saber quem eu sou, serei isso mesmo, pelo menos eu tiro + um pesso das minhas costas, + um problema com eles, pelo menos eles “estarão satisfeitos”, de que me importa querer se não sou capaz de possuir, de que me importa ser se não é assim que todos me vêm.
As árvores passam rápido, até parece que são elas que correm de mim, e eu, permaneço parada, são as horas que passam, nada pára, o sol nasce e se põe, as flores nascem, morrem, e eu, mermaneço aqui, leve como um folha, sendo levada para onde o vento aponta.

6 comentários:

O Profeta disse...

Este vento que sopra nos brandais
Leva de arrasto a minha alma
A proa estende-se adiante na vaga
Olhar de garça o meu coração acalma

Ai quem me dera voar no canal
Ai quem me dera ser a tua espera
Ai quem me dera que o amor
Ai! morasse naquela terra


Bom fim de semana


Doce beijo

» NaY « disse...

Às vezes tbm tenho vontade de abrir mão das decisões da minha vida, mas não consigo, sou um pouquinho teimosa, não ia conseguir fazer tudo que me mandam sem contestar...
=)

Xerus
=***

Maria Flor disse...

Lu fazer o que os outros querem de nós só gera arrependimento! Tente sfazer por onde merecer as mudanças em sua vida, ou trabalhe para que elas aconteçam!

boa sorte!

beijocas!

Dentro de meu mundo disse...

Afinal tudo está se passando, mas num deixe passar sem a sua marca =)
Fazer as coisas que os pais mandam pra agradar talvez num seja tão ruim

bjin

BANDEIRAS disse...

Olá,

Andei lendo os posts, estão pesados, assim a vida as vezes nos é.
Aceitas alguém para concordar contigo.
abs.

Tudo ou nada ... disse...

Renovar das forças é preciso. É preciso tbm criar novas formas de viver e viver bem. Vamos nos adaptar para sobrevivermos
Bjos